TOP 3 LIVROS DE FANTASIAS

Harry Potter

Harry Potter (1980) é um personagem fictício criado pela escritora britânica J.K. Rowling. Formada por sete livros, a série fascinou milhares de leitores por todo o mundo, vendeu milhares de livros e foi adaptada para o cinema com enorme sucesso de bilheteria. Cada livro narra um ano da vida do pequeno bruxo, dos 11 aos 17 anos, quando frequentou a escola de bruxos “Hogwarts”.

Harry James Potter é filho único de Tiago Potter e Lílian Potter. Foi o sobrevivente da maldição do bruxo “Lord Voldemort”, que tentou matá-lo ainda bebê. Seus pais foram mortos pelo bruxo, mas Harry sobreviveu, adquirindo uma cicatriz no rosto.

Harry Potter foi morar com os “Dursley”, família que ignorava os fenômenos sobrenaturais. Harry descobre que é um mago através do guarda florestal de “Hogwarts”, que o levou para morar na casa “Grifinória” – uma das quatro casas na época da inauguração da escola dos bruxos.

O primeiro livro “Harry Potter e a Pedra Filosofal” relata seu primeiro ano na escolaV “Hogwarts” - local onde existia um internato de magia para bruxos, e lá se envolveu com o esporte “quadribol”. Durante o primeiro ano, “Voldemort”, o bruxo, se empenha para adquirir a pedra filosofal que Harry tenta protegê-la.

No segundo livro “Harry Potter e a Câmara Secreta” – o bruxo usou “Gina Weasley” para libertar de suas “horcruxes” – objeto mágico no qual é inserido o poder de um feiticeiro, escondidas num diário. Harry é culpado pelos ataques aos alunos, mas é inocentado depois de sua luta com “Voldemort”.

No terceiro livro “Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban” algumas verdades, que são descobertas por Harry, dão a tônica da história, assim como algumas revelações sobre o seu padrinho “Sirius Black” e de alguns amigos de seus pais.

No quarto livro “Harry Potter e o Cálice de Fofo”, Harry enfrenta os desafios do torneio “Tribuxo” e luta cara a cara com “Vandemort”.

No quinto livro “Harry Potter e a Ordem de Fênix” acontece a luta entre os comensais da morte da Fênix e membros de “Dumbledore” - feiticeiro do bem. Neste conflito, acontece a morte de seu padrinho “Sirius”.

No sexto livro “Harry Potter e o Enigma do Príncipe”, Harry se mostra apaixonado por “Gina Weasley” e “Dumbledore” morre nas mãos de seu aluno “Snape”.

No sétimo livro “Harry Potter e as Relíquias da Morte”, seu sétimo ano na escola, Harry encontra e destrói as “Horcruxes” que faltavam e descobre fatos sobre “Dumbledore” e as relíquias da morte. Nesse capítulo, finalmente Harry consegue matar “Lord Voldemort”. No epílogo, depois de quase 20 anos, Harry já com 3 filhos, leva Gina à plataforma 9 ¾. Torna-se “Auror”, uma profissão na qual era encarregado de atuar como um agente no combate aos bruxos do mal.

ANIMAIS FANTÁSTICOS E ONDE HABITAM

“ Um relance pela arte e a literatura trouxas da Idade Média revela que eles sabiam serem reais muitas das criaturas que hoje consideram imaginárias.”

Esse livro foi escrito no mundo bruxo por New Scamander, como descrito no próprio livro, um grande curioso sobre animais fantásticos desde sempre, que fez o livro com o intuito de tirar um extra do seu salário como funcionário do Ministério da Magia e se surpreendeu com o sucesso do livro que a cara reedição tem novas páginas falando de animais que foram descobertos.

O livro nos conta que inicialmente os trouxas acreditavam mais nesses animais fantásticos, mas com o passar dos anos muitos deles passaram a ser considerados frutos da imaginação das pessoas, tudo isso se deve por medidas que os bruxos tomaram de utilizar feitiços anti-trouxas em florestas habitadas por centauros e unicórnios, lagos habitados por sereianos, as reservas de dragões, fazendo com que cada vez esses animais fossem menos vistos pelos trouxas o que permite a eles acreditarem cada vez com mais força que os animais não passam de frutos de suas imaginações.

É fácil perceber pelos relatos do Sr. Scamander como foi difícil para o Ministério durante muito tempo definir quem seria considerado “ser” e quem seriam considerado “animal” afinal, muitos desses possuem características bem humanas, mas após muitos anos foi possível definir isso de uma forma que agradasse a todas – ou ao menos a grande maioria – as espécies.

Esse livro não conta uma história específica, ele é um livro complementar da série Harry Potter, um exemplar que todo bruxo deve utilizar, seja no meio acadêmico ou em sua coleção pessoal, o livro possui um glossário com vários tipos de animais e fala um pouco deles – aparência, locais fáceis de encontrar, entre outras coisas.

SENHOR DOA ANÉIS

A Sociedade do Anel é a primeira parte da trilogia O Senhor dos Anéis, considerado o melhor e mais respeitado livro de fantasia de todos os
tempos.

A trilogia passa-se num lugar chamado Terra média que é habitada por vários seres fantásticos, incluindo elfos e anões, magos e
dragões, trolls e orcs, hobbits (também chamado de pequeninos, por causa da sua altura diminuta) e muitas outras criaturas e raças, mágicas e míticas.

A Sociedade do Anel começa no Condado, uma vila de hobbits, onde conhecemos o herói principal da história, Frodo Bolseiro, quando o tio de Frodo, Bilbo Bolseiro, decide deixar o condado no seu 111° aniversário para viajar pelo mundo novamente, deixando sua casa e bens para seu sobrinho Frodo, incluindo um fabuloso anel mágico que possui o poder de tornar o portador invisível, só mais tarde Frodo descobre por seu amigo Gandalf, o Cinzento, um sábio e poderoso mago, que o anel que ele herdou é o um anel do poder pertencente ao lorde escuro, Sauron, que perdeu-o a muito muito tempo atrás.

Sauron sabe que ele foi encontrado novamente e está enviando seus horríveis servos, os espectros do anel, para recuperá-lo. O anel possui poderes incríveis, mas também reserva o mal que pode corromper qualquer um que o possua e use por muito tempo.

Frodo inicia sua jornada a procura de um conselho de sábios que poderá saber o que deve ser feito com o anel. Em sua jornada ele é acompanhado por Sam, Merry, e Pippin, amigos hobbits que querem participar da aventura e tomar conta de Frodo, caso as coisas fiquem perigosas.

Em seu caminho até o conselho ele passa por várias aventuras, e conhece Aragorn (também chamado Passolargo), um guardião (ranger) que conhece Gandalf e ajuda-o a completar sua jornada. No conselho, várias sugestões são feitas sobre o que deve ser feito com o anel, alguns desejam usá-lo para derrotar o poder crescente de Sauron, que está alimentando uma terrível guerra para conquistar toda a Terra Média e escravizar homens, elfos, anões e hobbits. Outros sugerem que o anel deve ser escondido novamente, mas concluem que está é uma solução apenas temporária. A decisão do conselho, enfim, é que o anel deve ser destruído e a único forma de fazer isto é lançá-lo no fogo da Montanha da Perdição onde ele foi forjado. Então a sociedade do anel é formada, consistindo de quatro hobbits, Frodo, Sam, Merry e Pippin, um elfo chamado Legolas e dois homens, Aragorn (que revela ser o último rei de Gondor, o maior reino dos homens) e Boromir (filho do rei de Gondor), um anão de nome Gimli e Gandalf, o mago.

A sociedade passa por muitas aventuras e enfrenta grandes perigos na primeira parte da jornada. Nas minas de Moria eles se defrontam com um demônio secular conhecido pelo nome de Balrog, e perde um de seus membros. Depois desta tentativa, eventos inesperados levam à quebra da sociedade. Frodo e Sam continuam na direção da Montanha da Perdição, no coração de Mordor (o reino do senhor escuro), enquanto o resto da sociedade segue ao encontro de outros perigos.

É o fim da primeira parte da trilogia de O Senhor dos Anéis.

Pessoalmente, eu recomendo fortemente o livro a todos que tem interesse em fantasia e mitologia. O detalhismo com que Tolkien constrói a Terra Média torna-o incomparável a outros escritores de fantasia. O enredo da história é fascinante e atraente. Embora o início seja um pouco monótono para alguns leitores, se você cruzar o início vai se sentir encorajado a continuar lendo a história. Por fim, recomendo-o para todos os adultos e adolescentes (é um pouco lento e assustador para crianças com menos de dez anos).

 

 

Autor: Davi Souza

Revisão: Bruna de Mello

Postagem: Agatha Costa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>