Códigos, um novo método de escrever

binary-object-code


Para você que já acha estranho as letras japonesas e chinesas essa edição vai falar sobre os jeitos de escrever e se comunicar que vão muito além das 26 letras do nosso alfabeto.

Binário

Pra quem não sabe, a palavra ‘bi’ significa dois, e é um código representado somente por dois comandos: ligar e desligar. Pois as primeiras versões do computador só conseguia captar duas informações e então os programadores utilizaram um código criado por um filósofo grego chamado Leibniz. O código é composto de 1 e 0, podendo significar letras e números. Com essas combinações, que são a explicação de como um computador pensa.

Morse

O código Morse foi criado por um americano que inicialmente era um pintor porém desistiu da vida de artista e desenvolveu um código por vibrações de um fio específico que eram recebidos em curto e longo, assim utilizando a tradução decodificavam a mensagem, seu código foi muito utilizado pelo mundo, sendo usado por exércitos, comunicação entre a Europa e a América por fios subterrâneos.

Braille

O Braille é um método de leitura e escrita utilizado por cegos aonde usufruem de seu tato sentido com a ponta de seus dedos. As elevações que parecem em folhas ou paredes, para alguém que consiga ver o braille pode entender também, pois visualmente tem a aparência de uma combinação de pontos que dão acessibilidade aos deficientes visuais como em avisos de locais públicos, elevadores e até mesmo no chão de algumas ruas ( não dá para ler, porém o cego sente em seu pé a fileira de pontos feita na calçada, assim sabe a direção para aonde seguir ) e assim ajudando os cegos. Pode ser escrito com um tipo de régua especifica aonde o deficiente visual dura a folha no pafrão das letras, vira a folha e lê ela passando seus dedos.

 

 

 

 

Autor; Guilherme Giffoni

Revisão; Bruna de Mello

Postagem; Agatha Costa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>