Whijgnaldo de 4º gol do Liverpool diz: escanteio rápido ‘foi instinto

1_real


O gol que assegurou ao Liverpool a classificação à final da Liga dos Campeões da Europa 2018/2019 surgiu de um momento de esperteza de Trent Alexander-Arnold. Graças a ele, o time inglês bateu o Barcelona por 4 a 0 em Anfield Road, depois de uma derrota por 3 a 0 no Camp Nou.

Aos 33 min do segundo tempo, em um escanteio pela direita para os comandados de Jürgen Klopp, o lateral direito estava deixando o canto da cobrança para outro jogador quando viu a defesa do Barcelona desarrumada; então, autorizado, voltou e bateu para Divock Origi, que apareceu na área e escorou para o gol. No caso, o quarto gol dos donos da casa
Jogada ensaiada? Instinto? Em entrevista à transmissão oficial na saída do gramado, o camisa 66 descartou a primeira opção.

“Obviamente foi instinto. No momento, você vê a oportunidade”, explicou Alexander-Arnold. “Vi Divock ali e ele pôde finalizar. De repente, a bola saiu um pouco forte, mas ele é um jogador de alto nível, fez dois gols hoje. Vamos nos lembrar desse momento”, completou.

O quarto gol do Liverpool foi, de fato o segundo de Origi – o belga abriu o placar no primeiro tempo. Já os outros dois gols saíram de Georginio Wijnaldum, que saiu do banco de reservas no intervalo e marcou aos 8 min e aos 10 min do segundo tempo.

Para Wijnaldum, mais importante do que seus gols foi a possibilidade de reagir após uma vitória do Barcelona por 3 a 0 no jogo de ida.

“É inacreditável. Você sabe, depois do jogo na Espanha, falaram que a gente poderia ter tomado 4 a 0. As pessoas de fora duvidaram que a gente conseguiria, que poderíamos conseguir. Mas mostramos que tudo é possível no futebol e ganhamos de 4 a 0″, disse o holandês.

“Eu estava muito chateado porque fiquei na reserva e precisava fazer algo quando entrei em campo. Precisava ajudar a equipe e ajudei com dois gols. Foi um grande desempenho da equipe”, celebrou.

Classificado para a final, o Liverpool agora aguarda o vencedor do duelo de amanhã entre Ajax e Tottenham – na ida, em Londres, os holandeses venceram por 1 a 0. A decisão do torneio acontece em 1º de junho, no estádio Wanda Metropolitano, em Madrid.

Autor :Yuri Miranda do Amara

Revisão : Catharina Montrezor 

Postagem : Handyara Vieira De Oliveira Paz

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>